quinta-feira, 23 de setembro de 2010

CIRANDA LITERÁRIA 2010

Enquanto o macaco dormia, suas bananas, pif!, desapareceram.
Quem teria comido as bananas do macaco?
Esse foi o mistério que agitou a mata e que levou o pequeno leitor Guilherme a avançar página a página com prazer na leitura do livro.
Desvendar o caso foi a missão da investigadora Coruja. Missão nada fácil, pois todos os bichos são suspeitos e, para complicar mais ainda, cada um joga a culpa no outro. Não, não assim deslavadamente, mas por meio de enigmáticas insinuações. Porém, a Coruja, inteligente como ela só, foi decifrando uma a uma e, seguindo essas pistas, encontrou a verdade.
E vocês que são frequentadores assíduos do blog da turma Girassol, não pensem que Guilherme e a vovó Rosemary repetiram o que foi apresentado no ano de 2009 ! Nada disso, munido de maleta e avental de contador de histórias Guilherme contou num só fôlego, toda esta trama que deixou a turminha muito curiosa e atenta.
Livro: O caso das bananas, de Milton Célio de Oliveira Filho
 
































Claro que a família de Guilherme se esmerou em preparar latinhas repletas de "comida de macaco", e que as crianças adoram!

















Para que vocês sintam a emoção que Guilherme sentiu ao ser contador de histórias por um dia, veja o registro em vídeo (amador claro!), que vai reproduzir para todos, e principalmente para a família de Guilherme, o quão seguro e bem preparado ele estava!


E assim, em meio a tanto brilho na apresentação, Guilherme deixou a sua marca no nosso mural da Ciranda Literária
Parábens a você Guilherme, parabéns à mamãe e a vovó "xará" que se empenharam tanto para que nosso projeto não perdesse uma pétala sequer do brilho do girassol.
O sucesso é de vocês, pois sem esta parceria, nenhum projeto, por melhor intencionado que fosse, seria possível!


Na próxima semana, Rafael nos trará a sua performance!
Aguardem!

2 comentários:

Pedro Antônio disse...

Ei, Rose!

Obrigado! Fico tão feliz com seus comentários!

Se Deus quiser, uma hora dessas, ainda vou escrever para os bem pequenos. Afinal, eles ensinam tanto pra gente, né!...

Um beijãooo!

Pedro Antônio

Brincando com Cores disse...

Bom dia Rose!
Li a sua postagem e fiquei encantada, como sempre, você nos contagia com esse dom maravilhoso que Deus lhe deu, ser uma EDUCADORA nata.
Lindo o seu projeto de incentivo à leitura, vc está formando verdadeiros leitores e também contribuindo para que cada um deles se sinta capaz e seguro.
Parabéns e continue sempre assim, bjos da Zélia.